Logo da Álamo

Cinema

ORLANDO ORFEI, o homem do circo vivo

Sinopse

Uma das maiores lendas do circo mundial, Orlando Orfei, é tema do documentário de Sylas Andrade: “Orlando Orfei, O homem do circo vivo”. Italiano, quinta geração de circenses da família Orfei, escolheu o Brasil para morar desde o fim da década de 1960. O filme foi rodado no ano de 2012, narrando a trajetória de Orlando e de sua família, com parte de suas cenas rodadas na Itália, onde, até hoje, os Orfei são referência na arte circense e parte no Brasil.

Com narração de Werner Shünemann e trilha sonora de BNegão, Rodrigues e Pedro Selector, o documentário conta através de imagens de arquivo, entrevistas e de documentos, a história do circo no mundo e a importância de Orlando Orfei para o circo mundial.


Paraísos Artificiais

Sinopse

Paraísos Artificiais conta a história de amor de Nando e Érika, dois jovens de seus 20 e poucos anos, que se encontram e desencontram através do tempo. Tendo como pano de fundo o universo das mega raves e das festas de música eletrônica, o longa-metragem retrata o amadurecimento de seus protagonistas a partir de suas experiências com família e amigos.

Ambientado nos anos 2000, o filme é narrado em três atos: o primeiro se passa em Amsterdã, para onde Nando viaja com seu amigo Patrick, e onde conhece Érika, DJ internacional; o segundo, alguns anos antes, em uma rave na beira do mar, para onde Érika segue viagem com sua amiga Lara, e onde Nando também está com Patrick; o terceiro, anos depois do primeiro ato, se passa no Rio de Janeiro, cidade natal de Nando, onde ele enfrenta problemas familiares, principalmente com seu irmão mais novo, Lipe, e onde, por fim, reencontra Érika.

Ficha Técnica

Produção: Zazen Produções Duração do longa-metragem: 91 minutos Duração do teaser: 53 segundos

Elenco Principal: Nathalia Dill – Érika / Luca Bianchi – Nando / Bernardo Melo Barreto – Patrick / Livia de Bueno – Lara / Cesar Cardadeiro – Lipe

Equipe: Direção: Marcos Prado / Roteiro: Cristiano Gualda, Pablo Padilla e Marcos Prado / Produção: José Padilha e Marcos Prado / Produção Executiva: Tereza Gonzalez / Produtor Associado: James D’Arcy / Direção de Produção: Lili Nogueira / Preparação de Elenco: Fátima Toledo / Direção de Fotografia e Câmera: Lula Carvalho / Direção de Arte: Cláudio Amaral Peixoto / Figurino: Claudia Kopke / Maquiagem: Martin Macías Trujillo / Som direto: Leandro Lima / Montagem: Quito Ribeiro


Festival Internacional de Curtas 2009 do Rio de Janeiro

Com o slogam “Cinema para Todos”, o Festival Internacional de Curtas 2009 do Rio de Janeiro apresentou em sua 19ª edição uma seleção dos melhores curta-metragens nacionais e estrangeiros, e exibiu trabalhos finalizados em 35mm, 16mm e suportes digitais. Na competição nacional, o grande vencedor foi o filme Superbarroco, que também recebeu o prêmio de melhor curta nacional do júri jovem. Na mostra internacional, o destaque foi o curta-metragem português Corrente. Na premiação concedida pelos parceiros do Curta Cinema 2009 os vencedores foram: Olhos de Ressaca (Prêmio ASCINE – RJ), O controle dos Zumbis (Prêmio ABD&C), Samba de Quadra e O Anão que Virou Gigante (Prêmio Porta Curtas, concedido por votação direta dos internautas) e Sweet Karoline (Prêmio Canal Brasil). Os curtas A arquitetura do corpo, Sweet Karoline, De volta ao quarto 666 e O Divino de repente levaram o Prêmio RTP2 – Onda Curta, também concedido por parceiros do Curta Cinema 2009.

A Álamo, reconhecida pelo suporte à produção artística nacional em suas quase quatro décadas de história, deu seu apoio ao evento, que aconteceu entre os dias 30 de outubro e 09 de novembro e reuniu produções recentes de curtas nacionais e internacionais, retrospectivas e atividades paralelas, além de uma programação especial dedicada ao Ano da França no Brasil. Para a empresa, o apoio ao festival reafirmou seu compromisso com a cultura no Brasil em suas diversas manifestações, continuará após este evento. “Nosso apoio ao Festival Internacional de Curtas 2009 do Rio de Janeiro também prevê o lançamento de um DVD, em dezembro, com uma seleção dos melhores curta-metragens exibidos no festival. A ideia é distribuir o material gratuitamente entre nossos colaboradores e também entre nossos clientes, como forma de alimentar o gosto pela sétima arte”, afirma Mônica Costa, diretora de RH da Álamo.


Os Desafinados

Sinopse

Os Desafinados é um filme que narra a trajetória de um grupo de jovens músicos e compositores que – na década de 60 – partiu para Nova York buscando a realização do sonho do sucesso. Juntos, estes músicos formam um grupo – Os Desafinados – e fazem parte do movimento transgressor musical brasileiro chamado Bossa Nova. O filme assume significativa importância por relembrar os tempos do nascimento da Bossa Nova, os ideais da época, os sonhos de modernidade. A história política brasileira (décadas de 60 e 70) é pano de fundo desta comédia romântica, filmada na cidade do Rio de Janeiro e Nova York (EUA).

Ficha Técnica

2008 ı cor ı 131 min
Direção: Walter Lima Jr.
Elenco: Rodrigo Santoro | Selton Mello | Cláudia Abreu | Alessandra Negrini | Ângelo Paes Leme | André Moraes | Jair de Oliveira
Roteiro/Guião: Walter Lima Jr. | Suzana Macedo | Elena Soarez
Gênero: Comédia

O Inventor de Sonhos

Sinopse

O filme mostra a passagem da corte de D.João VI pelo Brasil. É uma radiografia do período contado através do dia a dia do cidadão comum da época e sua visão da corte imperial. É a saga de um grupo de habitantes do Brasil no século XIX, durante a transferência da corte imperial portuguesa para terras brasileiras, fugindo das guerras napoleônicas, entre 1808 e 1821.

A trama é centrada em dois meninos (um mulato nativo e brasileiro) e um pequeno nobre, filho de um importante Duque, que chega com D. João. Nos treze anos que se passarão eles vão se tornar amigos, rivais, inimigos e finalmente, quando homens feitos, amigos novamente. Toda história é contada através do olhar de alguns personagens. Cada acontecimento do dia a dia “pega uma carona” nos grandes fatos da história.

Ficha Técnica

2007
Direção: Ricardo Nauenberg
Consultoria de Roteiro: D. João Orleans e Bragança, Lilian Schwartz e Isabel Lustosa Colaboradora do Roteiro: Adriana Falcão
Direção de arte: Daniel Flaksman
Produção: Indústria Imaginária
Elenco: Stênio Garcia | Ricardo Blat | Roberto Bonfim | Sheron Menezes | Sergio Mamberti | Guilhermina Guinle| Luis Carlos Nascimento | Ricardo Petraglia| Icaro Silva | Miguel Thiré | Miguel Oliveira | Igor Rudolph | Edmilson Barros | Emilio Orciolo | Leticia Spiller | Debora Nascimento | Luis Fernando Alves Pinto | Pia Manfroni | Lui Mendes | Catarina Abdala | Michel Berkovitz | Oswaldo Mill | Guilherme Piva


Apenas dois garotos

Sinopse

Duas mulheres, duas realidades. Rosa é a patroa, Arlete a empregada. Num cotidiano superficial de vidas aparentemente opostas, elas se encontram unidas no mesmo drama: a perda do controle sobre a vida dos seus filhos, jovens que começam a traçar seus próprios destinos, sem consciência dos riscos que correm.

Ficha Técnica

2004 | HDVCam Pal | 20 minutos
Roteiro: Denise Crispum
Direção: Sérgio Bloch
Direção de Produção: Angélica Oliveira
Fotografia: Paulo Castiglioni
Som Direto: Ives Rosenfeld
Montagem: Jordana Berg
Direção de Arte: Silvana Mendes
Atores: Gisele Fróes | Tatiana Tiburcio | Victor Peres | Adriano de Jesus


Tudo sobre rodas

Sinopse

Por um longo período o homem carregou seus pertences sobre os ombros. Com a invenção da roda, há cerca de 7 mil anos , a civilização acelerou enormemente seu desenvolvimento. Hoje seria inconcebível o mundo sem este tão simples e perfeito objeto. Tudo Sobre Rodas retrata o cotidiano de treze personagens que, puxando, empurrando ou pedalando algum veículo, ganham a vida pelas ruas do Rio de Janeiro. O filme procura estabelecer uma relação entre o movimento da roda e a inconstância da própria vida, particularmente daqueles que não têm emprego fixo, diariamente levados a utilizar a criatividade e a capacidade de improviso para garantir a sobrevivência.

Ficha Técnica

2003 | NTSC DVCam | 50 minutos
Roteiro e direção: Sérgio Bloch
Produção: Sérgio Bloch e Poliana Paiva
Fotografia e Câmera: Paulo Castiglioni
Som direto: Pedro Moreira
Montagem: Sérgio Bloch, Camila Márquez e Marina Meliande
Edição de Som: Aurélio Dias
Gênero: Documentário

Prêmios e Festivais

10º Festival Internacional de Documentários É Tudo Verdade, Brasil. (Menção Honrosa da ABD/SP)
XII Cinesul – Festival latino-americano de Cinema e Video, Brasil. (Melhor Filme do Júri Popular)